brincando (?) de casinha

Mesmo com essa economia problemática, parece que alguns pais abonados estão dispostos a gastar somas significativas (se não de cair o queixo) em casas de brinquedo para suas crianças, que também funcionem como um tipo de instalação artística para o quintal.

Existem muitas companhias e artesãos independentes que constroem casas de brinquedo de alto padrão, que podem custar até aproximadamente US$ 200 mil e vêm em grande variedade de estilos, incluindo réplicas de casas reais, como a dos Schillers, e criações mais fantásticas como navios de piratas, esconderijos em copas de árvores ou cabanas de contos de fadas. E muitos desses fabricantes relatam que, apesar da queda na economia, estão mais ocupados do que nunca.

Barbara Butler, artista e construtora de casas de brinquedo em São Francisco, diz que suas vendas estão 40 por cento maiores nesse ano, e ela tem duas vezes mais encomendas futuras do que tinha no mesmo período do ano passado. Não apenas isso, mas também o preço médio das estruturas que ela constrói aumentou em mais que o dobro, indo de US$ 26 mil para US$ 54 mil.

“A infância é uma coisa preciosa e finita”, diz Butler. “Então uma casa de brinquedo especial não é uma coisa que você possa protelar até que a economia melhore”.

Da mesma maneira, Glen Halliday, que tem uma companhia de casas de brinquedo em Portland, no Maine, diz que tem visto os lucros crescerem 15 por cento ao ano durante a recessão. “Fomos ajudados pela crescente preocupação sobre a obesidade infantil, e a necessidade por brincadeiras ativas”, diz ele. Na verdade, os negócios têm estado tão vivos que sua companhia, a Kids Crooked House, recentemente expandiu de um celeiro de 111 metros quadrados para uma fábrica de 372 metros quadrados.

E, para aqueles no mercado das casas de brinquedo, esta é a alta temporada. “Recebemos muitas ligações nessa época do ano, quando o clima torna-se morno e as pessoas querem manter seus filhos fora de casa”, diz Patty Toner, vice presidente de vendas da Lilliput Play Homes, em Finleyville, Pensilvânia, uma companhia que comercializa casas no que pode ser considerado o nível mais baixo da escala: entre US$ 4 mil e US$ 50 mil, dependendo do estilo e grau de personalização. As campeãs de venda incluem uma casa em estilo colonial de dois andares, com sacada e varanda com colunas; e um castelo medieval em miniatura, com torres e passagens secretas.

Casas de brinquedo com tamanha sofisticação arquitetônica geralmente são construídas sob medida no local, seguindo as especificações dos pais; ou então pré-fabricadas e despachadas em partes, para que possam ser montadas pelos pais, ou por trabalhadores ‘faz-tudo’, que eles contratam depois de passarem diversas horas frustrantes na tentativa de fazerem eles mesmos o trabalho.

Heather Hach Hearne, uma roteirista de Los Angeles, diz que ela e seumarido, Jason, que é diretor de filmes de animação, contrataram um ‘faz-tudo’ para montar a casa que compraram no ano passado da Kids Crooked House, que fabrica estruturas caprichosamente instáveis, lembrando casas de desenhos animados. A casinha roxa de 1,8 por 2,7 metros quadrados que eles encomendaram custou aproximadamente US$ 2.450.

Anúncios

4 comentários sobre “brincando (?) de casinha

  1. Julio disse:

    Eu creio que essa casinha não é um método saudável para a criança brincar… Ela se fecha no mundo dela, em uma casa só dela e como não tem ninguém pra mandar nela dentro da casa dela… Ela vai ficando mais introvertida com os pais. E pode não obedecer mais as ordens deles…. Além de privar seu filho de se divertir com você… Muito fácil colocar uma casa no quintal com tudo dentro e largar a pobre criança lah hUAhUAHuHAuHA em =) O nome disso é abando de incapaz HAuhAUhUAhUAHUAH by Julio
    As casinhas são realmente bonitas, mas creio eu que é uma faca de dois gumes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s