cozinha siliconada

Uma das peças que eu mais paquero quando vou às compras de utensílios de cozinha são as formas de silicone. Já fiz tanto bolo imaginário lindo com os modelos diferentes de formas que vi por aí… Acho que é uma das melhores invenções dos últimos tempos. Afinal, que mulher não adora um silicone!?

Aqui em casa já troquei minhas formas de cupcake e estou ensaiando trocar demais assadeiras, até porque armazená-las é bem mais fácil do que as formas grandes e desajeitadas de metal. Claro que cada forma tem seu valor, receitas mais densas correm o risco de dobrar a forma de silicone e vazar no forno.
Para quem aí como eu está disposto a investir no silicone, separei algumas dicas de uso, cuidado e armazenamento para garantir o melhor desempenho da sua peça.

1) fôrmas de silicone são versáteis. Vão ao forno, microondas, geladeira, freezer… O ideal é seguir as orientações do fabricante que vem junto a peça. Mas cuidados básicos com o uso são: não utilizar temperaturas muito altas e evitar mudança radical de temperatura, ou seja, não levar do forno direto para o refrigerador ou vice versa;

2) as formas de silicone são úteis para receitas variadas. Bolos, tortas, pudins, gelatinas, chocolate e até para não comestíveis como velas, sabonetes, etc. Só não se deve misturar os usos de alimentícios e não comestíveis.

3) para uso das formas de silicone no forno convencional, recomenda-se usar uma assadeira metálica embaixo da forma de silicone para manter o formato e não correr o risco de vazar. Também pode ser usada em banho Maria no forno (no fogão não é recomendável). Para formas de cupcake, você pode encaixar as forminhas de papel dentro da forma de silicone do mesmo formato, fica mais bonito para servir.

4) alguns fabricantes recomendam untar a forma com óleo nos primeiros usos para facilitar o desenforme, até porque algumas peças tem muitos detalhes em seus formatos e podem quebrar na hora de desenformar. Eu recomendo untar sempre, assim mantém o silicone hidratado e evita que o mesmo escureça com o uso constante. A maneira mais fácil de untar formas muito detalhadas é com um pincel (também de silicone se possível), assim pega óleo em todas as partes.

5) antes de lavar, deixe sua forma de molho com água morna e detergente, assim ela desengordura mais fácil. Não use escova de aço ou peças pontiagudas para não danificar ou furar o material e lave sempre com o lado amarelo da esponja de pia. Peças de silicone podem ser lavadas na máquina de lavar louça, o que é uma mão na roda para a dona de casa. Deixe as peça secarem bem em temperatura ambiente antes de guardar e caso vá empilhar peças, se possível proteja com papel manteiga ou tecido TNT para evitar que grudem. Também é bom evitar guardar assadeiras de silicone dobradas ou amassadas para evitar que elas se deformem.

6) não é recomendável caramelizar dentro da forma de silicone, já que o açúcar atinge temperaturas muito altas. Em caso de pudins, o ideal é colocar o caramelo depois de desenformado. Preencha apenas 2/3 da forma com a receita para evitar que transborde, por sua consistência maleável, caso a massa suba muito, pode dobrar o silicone e estragar o visual da sua receita.

Agora que você já tem as informações, está na hora de correr escolher sua coleção de formas de silicone e criar receitas deliciosas que encantam por suas formas e decorações. Você ainda tem alguma dúvida sobre usobe cuidados com o silicone? Deixe sua dúvida nos comentários, assim a gente pode completar o post! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s