Lancheira escolar

Este ano o Lorenzo mudou de escola, e agora temos a oportunidade de montar a lancheira dele. Atividade, aliás, que ele adora! Todos os dias me ajuda a escolher o que vai comer na hora do lanche. O mais legal é vê-lo fazer escolhas inteligentes, saudáveis e deliciosas. Primeiro eu seleciono algumas opções do que ele pode levar e daí ele pode escolher 3. E olha só os lanchinhos que ele tem escolhido que coisa mais linda:

Já que estamos curtindo muito essa atividade nova aqui em casa, vou dar algumas dicas para quem precisa montar a lancheira dos filhos e anda cheia de dúvidas:

1) primeiro de tudo, sempre manda quantidade a mais do que seu filho come. Os amiguinhos acabam dividindo o lanche, então é legal que ele tenha o suficiente para ele e os amigos.

2) procure opções saudáveis que não vão deixar seu filho muito elétrico e disperso depois do lanche. Frituras e açúcar atrapalham a concentração das crianças o que interfere no aprendizado.

3) respeite as preferências do seu filho. Não adianta você mandar lanchinhos que ele não gosta. O ideal é que a hora do lanche seja mais um momento alegre para o seu filho no período escolar.

4) facilite a vida da criança e dos professores. Não mande embalagens complicadas, delicadas demais ou difíceis de abrir.

5) respeite as regras da escola. Se a escola impõe alguma restrição no lanche das crianças, não custa respeitar. Seu filho não precisa deixar de consumir determinados alimentos, ele só não precisa comer esses alimentos em 1 refeição do dia. Como assim? A escola nova do Lolo segue uma dieta ovolactovegetaiana. Ele ainda come o presuntinho dele no café da manhã, franguinho no almoço e até de vez em quando pizza de calabresa (que ele adora!) no jantar. Mas no lanchinho da tarde que ele come na escola, a gente evita as carnes, abusamos de queijos, frutas, legumes, biscoitos, bolachas e pães integrais, etc.

6) convide seu filho a participar do planejamento da lancheira. Deixe ele ver o que vai no lanche do dia, deixe-o escolher o que quer levar e sempre oriente em qual seria uma escolha mais gostosa e divertida. Assim a criança começa a entender sobre escolhas conscientes para se alimentar melhor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s