Baby shark doo doo doo

Já passamos por algumas fazes de musiquinhas chiclet aqui em casa. A do momento é a Baby Shark. Essa música toca dia e noite, em todos os idiomas, e as crianças já sabem todas as coreografias que existem na face da terra para esse música.

Pior é que não só as crianças não param de cantar, eu, mamãe, não paro de cantarolar essa música, o que acontece? Estou lavando louça estou cantarolando, dirigindo e cantarolando, trabalhando e cantarolando. Socorro, cadê meu rock and roll???

Porque isso acontece? Porque esses músicas grudam na cabeça com tanta facilidade? Dizem que músicas simples, repetitivas e com mudanças inesperadas têm mais probabilidade de grudar. Faz sentido, né, porque esses musiquinhas são um looping infinito da mesma letrinha bonitinha com um ritmozinho simpático. A alegria das criança quando a música começa a tocar ou você começa a cantar também não ajuda para desgrudar o hit do pensamento. E aí, como mãe, lutar contra a música do momento ou unir-nos a ela?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s